Parceira: Agência Parceira RGB Comunicação

18/07/2019

Banhar o animal não deve ser descartado, mas é necessário diminuir frequência

Cães tendem a gostar mais do inverno, e têm mais disposição também. Por isso, a época é boa para uma rotina de atividades físicas. Já para os filhotes e animais idosos, é preciso ter cuidado com doenças típicas do período. Uma das tarefas mais importantes é não deixar que o pet tome chuva ou fique muito exposto ao vento. Para gatos, por exemplo, é importante não deixar a cama deles em contato direto com o chão.

As doenças que mais atingem os pets são a traqueobronquite infecciosa em cachorros e, nos felinos, a rinotraqueite. Em cães, os sinais são parecidos com o da gripe: tosse seca, secreções nasais, espirros e a impressão de que o animal está engasgando. No caso dos gatos, é parecido, somando falta de apetite e febre.

Outra dica médica é a vacinação. Além daquelas que os animais precisam tomar durante o ano, há ainda as voltadas para prevenção das viroses comuns do inverno. Como a temperatura favorece a proliferação de viroses, além do acompanhamento anual com um veterinário, temos vacinas contra a traqueobronquite infecciosa canina, e a vacina V3 e V4 para os gatos, que protegem a parte respiratória e ocular.

Além de estimular o consumo de água e evitar horários de frio mais intenso, também é necessário estar atento à constância dos banhos. Banhar o animal não deve ser descartado durante esta época do ano, porém, é necessário diminuir a frequência, que deve ser determinada pelo profissional de cada pet.

As roupas também podem ajudar os pets nesse período, mantendo o calor, principalmente nos animais com pelos curtos ou que não possuem subpelos. É importante escovar os pelos para evitar proliferação de fungos, além de trocar as roupinhas a cada dois dias, para evitar acúmulo de sujeira e umidade.

 

Carolina Ferreira

Médica veterinária do Hospital São Bernardo.

Formada pela Universidade Metodista de São Paulo em 2002.

Fez estágio em clínicas de pequenos animais e em higiene e inspeção.

Especializada em clínica médica de felinos pelo Instituto Qualitas.

 

*Artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a opinião da Planeta Pet