Parceira: Agência Parceira RGB Comunicação

09/11/2017

Carica foi adotada num abrigo em Niterói, onde vivia entre 200 animais resgatados

Igor Savenhago

Fotos: Divulgação

Em dezembro do ano passado, Carolina Bello, Salvador Costas e Carica saíram do Brasil para uma expedição pela América do Sul. Carolina é produtora de eventos. O espanhol Salvador, especialista em tecnologia da informação. Eles estão juntos desde 2012 e tinham o sonho de passar meses viajando. Mas onde entra Carica? A cadelinha vira-latas, de dois anos e meio, é uma fiel companheira. Enfrentou, junto com os donos, desafios como morar dentro de uma Kombi e percorrer um trecho difícil de estrada de terra com vários dias seguidos de chuva.    

Carolina e Salvador se conheceram em Londres, onde moravam. Meses depois, mudaram para o Rio de Janeiro, onde ela recebeu uma proposta de trabalho por um período pré-definido: dois anos. Nesse período, começaram a planejar a expedição, batizada de Margarita. Quando acabasse o contrato de Carolina, pegariam a estrada.

O veículo, branco e amarelo, foi comprado dos Correios. “Quando fomos procurar uma Kombi na internet, num site de vendas, vimos que alguém estava doando uma cachorrinha. Nos encantamos. A Carica acabou chegando antes mesmo da Kombi”, conta Carolina. A cadela vivia num abrigo em Niterói, com outros 200 animais recolhidos das ruas.

Breve parada

Após dez meses, período em que os viajantes passaram pelo sul do Brasil, costa do Uruguai, Argentina e Patagônia Chilena, decidiram fazer uma parada estratégica em Ribeirão Preto, onde têm parentes, para traçar novas rotas, além de fazer a manutenção e uma pequena reforma da Kombi, que foi escolhida por oferecer espaço para montar uma “casa”. Agora, ela terá painel solar, caixa d’água, toldo externo e outros detalhes. O próximo destino, a partir de janeiro de 2018, deverá ser a Colômbia. “O Salvador também é mergulhador. Na Colômbia, há temporadas de mergulho o ano todo. Então, ele quer passar um período lá”.

O “descanso” em Ribeirão contribui com a divulgação do projeto, que precisa de apoiadores. Empresários que identifiquem no estilo de vida do casal uma oportunidade para divulgar suas marcas, como já aconteceu em algumas ocasiões da viagem.

Para se manterem durante a expedição, o casal juntou algumas economias antes da partida. Mas pensaram numa forma de trabalhar durante o percurso. Compraram uma impressora de fotos, para vender imagens da expedição a turistas e curiosos. Levaram, na bagagem, um drone, para filmar, por exemplo, paisagens exuberantes, que interessam a hotéis e empresas de turismo. Aprenderam a fazer artesanato, que ajuda a completar a renda. E se pintarem serviços de mecânico, serralheiro ou o que for necessário para encher o tanque e a despensa, eles encaram.

Encantos latinos

Ao falar sobre os maiores prazeres e dificuldades da aventura, Carolina destaca, primeiramente, a beleza dos lugares e o calor humano. “Somos sempre muito bem recebidos”. Como empecilhos, lembra episódios como enfrentar uma estrada de terra na Patagônia chilena com uma chuva que durou dez dias consecutivos. “Ficamos ‘encorujados’ dentro da Kombi todo esse tempo, com as roupas molhadas. A Carica, para não passar frio, dormiu o tempo todo com a gente. Essas e outras situações extremas nos trouxeram um pouco de dificuldades, mas a Patagônia chilena é muito bonita. Então, valeu a pena.”

Mas se Carica se resguardou da chuva, o mesmo não se pode dizer da neve. Ela se esbaldava sempre que via o solo coberto de gelo. “A viagem com ela é mais especial. Nos momentos difíceis, está sempre feliz. Ajuda a dar forças. Fora que ela é quem mais se diverte. Aproveita mais que todo mundo”, conclui Carolina, ao se referir à cadelinha.

Para não ter problemas em atravessar as fronteiras, o casal fez um passaporte para a companheira. E carregam toda a documentação que atesta a sanidade dela, como a carteira de vacinação.

Carica que se prepare. Não há previsão de quanto tempo mais a Kombi Margarita continuará rodando a América. Mas, se depender da alegria da cachorrinha, isso não é problema. Muito pelo contrário. Diversão garantida.

 

Conheça o projeto

Aos interessados em saber mais sobre a expedição, Carolina e Salvador divulgam vídeos e fotos na internet. Seguem os links:  

Facebook

www.facebook.com/expedicaomargarita

Instagram

www.instagram.com/expedicaomargarita

Youtube

https://www.youtube.com/c/Expedi%C3%A7%C3%A3oMargarita

Website

www.kombimargarita.com