Parceira: Agência Parceira RGB Comunicação

06/12/2019

Encontro será domingo na Avenida Paulista: ativistas vão expor corpos descartados

Com informações assessoria de imprensa

Foto: Divulgação

Mais de 700 ativistas estão sendo esperados neste domingo para celebrar o Dia Internacional de Defesa do Direito dos Animais, comemorado no dia 10 de dezembro. O ato, que está em sua terceira edição no Brasil, também será realizado na Espanha. Vestidos de preto, os participantes liderados pela organização Animal Equality, vão segurar corpos de animais mortos descartados pela indústria.

"Objetivo da ação é chamar a atenção do público para os maus-tratos cometidos contra os animais, principalmente aqueles que são vítimas das indústrias da carne, do leite e dos ovos", explica Taís Toledo, Gerente de Responsabilidade Social Corporativa da Animal Equality Brasil.

Os corpos de filhotes de porcos, coelhos, galinhas, patos e ovelhas levados ao ato são provenientes de frigoríficos e granjas. "Eles foram recolhidos durante investigações que fizemos para expor como a indústria trata os animais ", explica Toledo. Um veterinário examinou os bichos para garantir que não havia o risco de contaminação para as pessoas que irão manipular os corpos nem para o público em geral.

Presente em nove países, a Animal Equality é uma organização internacional sem fins lucrativos que defende o fim da crueldade contra os animais, por meio de iniciativas educacionais, campanhas, investigações, relações corporativas, advocacy e divulgação do veganismo e dos direitos dos animais.

A Animal Equality acredita que a solução para mudar a realidade dos animais depende de uma combinação de mudanças de comportamento individuais dos cidadãos, do comprometimento do setor privado e da elaboração de políticas públicas.